A cada dia que passa ideias de negócios vão surgindo na mente de vários empreendedores. Porém, tirar essas ideias do papel e trazer a realidade é o principal desafio, isso porque é preciso conhecer o negócio antes de tudo. É isso que acontece com os minimercados, começar um sem ter conhecimento sobre como o negócio funciona e o que não deve ser deixado de parte na hora do planejamento são motivos de falências de muitos.

Os minimercados são estabelecimentos comerciais encontrados em quase toda a parte de Angola. São responsáveis pela venda de produtos diversos de grande utilidade no nosso dia a dia. O conteúdo que apresentamos abaixo é sobre o que fazer, ou quais passos seguir para abrir um minimercado em Angola.

Como abrir um minimercado em Angola?

Confira o nosso passo a passo para abrir um minimercado em Angola:

1.Faça um planejamento

passo inicial para abrir um negócio é o planejamento. É impressionante o número de empresas que faliram e outras que têm enfrentado diversos problemas por falta de um planejamento. Sendo assim, é mais do que importante que você não ignore esse processo.

[Depois do anuncio continue]

Fazer um bom plano de negócios lhe dará uma visão mais ampla do seu negócio, além de trazer mais segurança para o empreendedor. É nele que são analisados itens como a melhor localização do negócio, a concorrência, os produtos e serviços, entre outros.

Entre os vários itens que fazem parte de um plano de negócio, você deve estar muito atento com a localização e a concorrência. São itens que para muitos empreendedores não merecem tanta atenção, mas que podem e têm causado falência imediata para muitos negócios.

Entretanto, para evitar que isso aconteça, é importante escolher o melhor local com base nas necessidades das pessoas a volta, nas suas condições financeiras e nos concorrentes existentes.

Lugares menos concorridos são bons, enquanto que lugares mais concorridos exigem maiores investimentos, como em estratégias de marketing, por exemplo.

2. Estrutura e licenciamento

[Depois do anuncio continue]

Se você já tem todo o planejamento do seu negócio feito, já escolheu o melhor local e identificou se existem ou não concorrentes, é hora de pensar na estrutura e no licenciamento do seu estabelecimento e conhecer o seu regime tributário (isto é obrigatório para um minimercado).

No caso da estrutura você pode, com base nas suas condições financeiras, escolher entre alugar um estabelecimento ou construir do zero o seu. Para a maior parte dos empreendedores a primeira opção é a melhor, já que requer custos menores e possibilita a abertura imediata do negócio.

3. Equipamentos

O passo seguinte é adquirir todos os equipamentos necessários para abrir um minimercado. Começando pela área administrativa, os equipamentos necessários são: mesa cadeira, computadores e impressoras, telefone, acesso à internet, armário, arquivo etc. Já para a área de vendas, são necessários os seguintes equipamentos: prateleiras, balcão de atendimento, estufa, arcas e geleiras etc.

Caso o minimercado tenha uma área externa, será necessário cesto de compras, carrinhos, etc. É claro que poderão ser necessários outros equipamentos são mencionados e você dará conta assim que tiver seu negócio em funcionamento.

4. Encontre bons fornecedores

Encontrar bons fornecedores para contratar é muito importante para negócios de revenda, como os minimercados. É importante contratar fornecedores que lhe forneçam produtos de qualidade para garantir a satisfação dos seus clientes, afinal, ninguém gosta de produtos com péssimo qualidade, nem mesmo você.

Uma dica para encontrar bons fornecedores é não velar simplesmente pelos preços muito baixos, mas sim, pela qualidade dos produtos reconhecidas pelos clientes do revendedor, você pode saber isso fazendo uma pesquisa, anotar os fornecedores e pesquisar pelas empresas deste fornecedor e descobrir como têm trabalhado.

5. Invista em marketing

Para qualquer negócio investir em marketing é importante para fazer chegar seus produtos aos seus clientes ou atrai-los com mais facilidade. Por isso, é importante definir estratégias de marketing ou contratar empresas especializadas para tratar do marketing do seu minimercado.

Sobre o autor

Estefanio Lema

Especialista em Marketing Digital, CEO da Academia Expansao Digital e da Rap Vibes

Deixe um comentário